SPDM chega ao Nordeste

Equipe Policlínica Dr. Lusmar e profissionais da Base Administrativa local
Equipe Policlínica Dr. Lusmar e profissionais da Base Administrativa local

Instituição marca presença no município de Fortaleza

A SPDM (associada ao Ibross) ampliou sua atuação ao extrapolar limites geográficos e chegar ao Ceará – primeiro estado do Nordeste a firmar parceria com a instituição.

Em Fortaleza, a SPDM inicia o gerenciamento, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, das seguintes unidades e serviços:

  • Policlínica do Jóquei – Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues
  • UAPS Jangurussu ( 1 Equipe de Saúde da Família)
  • Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição (92 LEITOS)
  • UAPS Régis Jucá (03 Equipes de Saúde da Família)
  • Policlínica Dr.João Pompeu Lopes

Estrutura

Devido à proporção da responsabilidade, foi necessário implantar uma base administrativa local para o reporte ao Corporativo de São Paulo. Para isso, foram realizados processos seletivos internos e alguns dos profissionais foram para Fortaleza, a fim de implantar o padrão de excelência da SPDM no município.

Além disso, foram contratados profissionais fortalezenses de diversas categorias, entre técnicos, administrativos e médicos – o que, além de beneficiar a cidade gerando empregos, proporcionará a união da competência técnica institucional ao conhecimento da cultura e costumes locais.

Devidamente capacitados

Falando em competência técnica, vale ressaltar a experiência que a Instituição adquiriu, ao longo dos anos, nos três níveis de atenção à saúde: primário, secundário e terciário – o que contribuirá para a atuação no contrato de Fortaleza, cujos serviços contemplam todos os níveis.

Os serviços

As UAPS são voltadas para a promoção da saúde e prevenção de doenças, o que caracteriza a Atenção Primária. As Policlínicas oferecem atendimento especializado ambulatorial e estão inseridas na Atenção de Nível Secundário, e os Hospitais, Terciário. Quanto às EMADs e EMAPs, compõem a Rede de Atenção Domiciliar, integradas aos hospitais e vinculadas à Atenção Primária, garantindo a continuidade do cuidado substitutivo ou complementar à internação hospitalar.

Inauguração

No caso das Policlínicas, foram iniciadas as atividades em 21/10 e foi inaugurada oficialmente em 23/10 a Dr. Lusmar Veras Rodrigues, cujo atendimento, realizado mediante agendamento de pacientes encaminhados pelas UAPS, é voltado para as especialidades de cardiologia, endocrinologia, ginecologia, neurologia, urologia, dermatologia, nefrologia, infectologia, angiologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, gastroenterologia e estomaterapia, entre outras.

“Serão 6.300 atendimentos por mês nesse equipamento. Eu não conheço uma Policlínica nesse porte que nós estamos entregando ao povo de Fortaleza. Ela vai ter especialidades, com consultas, exames e pequenas cirurgias. Nenhum equipamento de saúde particular do Brasil é melhor do que esse: todo climatizado, com grandes profissionais, e que vai ser coordenado por uma Organização de São Paulo”, declarou Camilo Santana, Governador do Ceará na ocasião da inauguração.

Importante ressaltar que as Policlínicas dispõem de uma linha de cuidado específica, de acordo com a necessidade da população local. No caso da Dr. Lusmar Veras Dr. João Pompeu Lopes Randal, o foco são os pacientes hipertensos e diabéticos.

Além de consultas com especialistas, nas próprias Policlínicas os usuários contarão com a realização de exames gráficos e de imagem e laboratoriais centralizando o cuidado e resolvendo as questões em saúde pertinentes a esse nível de atenção.

As unidades contam ainda com o Serviço de Atendimento Especializado (SAE) voltado especificamente para pessoas com HIV e Hepatites Virais, e que conta com uma equipe multidisciplinar composta de Farmacêutico, Assistente Social, Enfermeiro, Psicólogo, Infectologista e Urologista.

A Secretária Municipal de Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, ressaltou a importância da parceria entre a gestão pública local e a SPDM para os moradores da região: “Queria fazer um agradecimento muito especial à SPDM, organização social que tem ampla experiência no sudeste do País na área de saúde, qualificada agora aqui no nosso município, e que chegou junto para que a gente pudesse entregar esse grande equipamento à população”.

“A gente vai gerir esse equipamento com o braço ligado à SPDM, que é ligada à Escola Paulista de Medicina. Então, todos os protocolos clínicos, fluxos de processo – não só a estrutura – (tudo) o que vai acontecer aqui dentro vai seguir o mais alto rigor de qualidade”, ressaltou o Prefeito Roberto Claudio.

Em obras 

No Hospital Nossa Senhora da Conceição, além do gerenciamento do serviço em si, um dos desafios é realizar todo o projeto de engenharia para adequação e revitalização de uma das alas da unidade, tendo como foco melhorias para a segurança dos pacientes e profissionais.

Grandes expectativas

Entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020, estão previstas as implantações de 19 UAPS, 16 EMADS (Equipes Multidisciplinares de Atendimento Domiciliar) e 8 EMAPS (Equipes Multiprofissionais de Apoio), além da inauguração Hospital Infantil Dra. Lúcia de Fátima Ribeiro Guimarães, também em 2020.

 

Opinião

Saiba o que pensam alguns dos profissionais que estão atuando em Fortaleza:

“ Está sendo uma experiência ímpar fazer parte dessa história”.
Luis Carlos Benevides Silva (Engenheiro Clínico)

“Palavras que resumem seriam gratidão e motivação, para continuar transformando a saúde nessa cidade tão acolhedora”.
Luana Lemes Pereira (Analista dministrativo)

“Melhor lugar para estar. Equipe maravilhosa, profissionais totalmente comprometidos e empenhados”.
Michelle Carvalho (Selecionadora)

Fonte: SPDM


Os comentários estão fechados.