Artigo do presidente do Ibross sobre fim das OSS no Rio é publicado no jornal O GLOBO. Leia aqui!

O jornal O Globo publicou no último sábado, 19 de setembro, artigo do presidente do Ibross, Renilson Rehem, que faz uma análise da relação do poder público do Rio de Janeiro com as Organizações Sociais de Saúde. Para Rehem, os últimos governos do Rio não tiveram o mínimo preparo para a correta adesão do modelo de gestão. Além disso, ainda há situações em que representantes do estado firmam parcerias com empresas disfarçadas de instituições filantrópicas para obter vantagens.

O texto justifica que esse cenário resultou em uma lei, sancionada em agosto deste ano, determinando o fim das OSS no estado a partir de 2014. Fato é que a política do Rio está doente e isso se reflete na administração de serviços públicos. De acordo com o presidente do Ibross, apenas quando houver uma gestão pública eficiente e comprometida com o SUS, será possível a celebração de boas parcerias.

Leia o artigo a seguir.

 

Confira aqui a publicação no O GLOBO online.


Os comentários estão fechados.