Gerido pelo ISG, AME São José dos Campos zera fila de espera da Audiologia

Em um ano de gestão foram realizados 6.096 mil exames auditivos

 

Há um ano sob gestão do Instituto Sócrates Guanaes (associado Ibross), o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de São José dos Campos zerou a fila de espera da Audiologia, com 6.096 mil exames auditivos realizados. Os pacientes que apresentaram alterações auditivas foram encaminhados para o médico solicitante, a fim de realizarem o tratamento adequado.

O Setor de Audiologia do AME é formado por fonoaudiólogas especialistas em Audiologia, que visam atendimento humanizado e de qualidade a bebês, crianças, jovens, adultos e idosos. Neste setor são realizadas avaliações audiológicas que compreendem os seguintes exames: Audiometria Tonal, avalia o quanto o paciente escuta em diversas frequências; Logoaudiometria, avalia o reconhecimento e a discriminação da fala; Imitanciometria, avalia o funcionamento da membrana timpânica, dos ossículos do ouvido médio e reflexos auditivos; Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico (BERA), avalia a integridade da via auditiva central; Emissões Otoacústicas Transientes e Produto de Distorção, avalia a integridade da função auditiva coclear.

“Para que todos nós cuidemos da nossa audição é preciso ter consciência de que, muitas vezes, a deficiência auditiva pode ser evitada através de vacinas contra doenças infectocontagiosas como rubéola, sarampo, caxumba e meningite. É possível também prevenir a surdez evitando exposição a sons fortes e em fones de ouvidos, e realizar uso adequado de protetores de ouvido em ambientes de trabalho ruidosos. Cuidando da audição, nos comunicamos melhor e por muito mais tempo”, comenta a fonoaudióloga Carolina Arantes.

De acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde, atualmente, 360 milhões de pessoas sofrem algum tipo de surdez no mundo e cerca de 28 milhões de pessoas no Brasil apresentam deficiência auditiva, o que representa 14% da população brasileira.


Os comentários estão fechados.