Estado de SP não registra mortes por covid pela primeira vez

Vacinação é responsável pela queda; 69,5% dos paulistanos já estão com o ciclo completo de imunização

Nesta segunda-feira (8), o Estado de São Paulo não registrou nenhuma morte por covid-19 pela primeira vez desde o começo da epidemia, em março de 2020. 

A vacinação em massa é considerada a responsável pela queda drástica dos números, já que 69,5% dos paulistanos estão com o ciclo completo de imunização, com as duas doses ou dose única.

A Secretaria Estadual de Saúde registrou 359 casos da doença nesta data. A média móvel de mortes dos últimos sete dias no estado ficou em 72,57, segundo dados do governo. 

Atualmente, há 3.011 pacientes internados no estado, sendo 1.375 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 1.636 em leitos de enfermaria. Ainda segundo dados do governo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado nesta segunda (8) é de 24,5% e na Grande São Paulo é de 31,3%. Ao todo, 4.413.241 de pessoas no estado foram infectadas desde o início da epidemia, com 152.527 mortes.

No Brasil foram registradas 64 mortes pela doença e 5.774 casos, no domingo (7). Com isso, o país contabiliza 609.484 vidas perdidas e 21.877.828 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2. A média de mortes agora é de 232 óbitos por dia, queda de 31%. Enquanto a média de casos é de 9.896 infecções diárias, ou seja, queda de 17%.

O país já tem 73,04% da população com a primeira dose e 56,06% dos brasileiros com esquema vacinal completo.


Os comentários estão fechados.