Cirurgia inédita no DF: médicos separam siamesas unidas pela cabeça

Procedimento aconteceu no Hospital da Criança de Brasília, administrado pelo Icipe – associado Ibross

Irmãs gêmeas que nasceram unidas pela cabeça foram separadas em procedimento inédito no Distrito Federal, no ultimo sábado, 27 de abril, no Hospital da Criança de Brasília José Alencar. A unidade é gerida pelo Instituto de Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe), associado ao Ibross.

As siamesas estavam unidas pela testa e dividiam pele, parte do crânio e meninge, um conjunto de membranas que reveste o cérebro. O fato de as crianças não dividirem nenhum órgão vital diminuiu consideravelmente o risco. Para a realização da cirurgia, a equipe multiprofissional se preparou ao longo de um ano, desde que os exames pré-natal apontaram que elas eram siamesas.

Mais de 50 profissionais participaram do procedimento, que durou mais de 20 horas e, foi um sucesso. As pacientes Mel e Lis, de acordo com os médicos, estão em observação e reagindo bem.

Para outras informações sobre a cirurgia e boletins médicos sobre o estado de saúde de Mel e Lis, clique aqui.

O acontecimento foi noticiado por diversos veículos da imprensa. Confira as reportagens:

Correio Braziliense – Médicos separam siamesas unidas pela cabeça, em cirurgia inédita no DF

Jornal de Brasília – Cirurgia de 20 horas separa siamesas

Metrópoles – “Virão outras batalhas, mas esta a gente venceu”, diz mãe de siamesas

Correio Braziliense – Cirurgião que operou siamesas: ‘Tenho netas gêmeas. Isso mexe com a gente’

SBT – Médicos conseguem separar irmãs siamesas unidas pelo crânio

TV Brasil – Gêmeas siamesas são separadas em delicada cirurgia em Brasília

TV Globo – Irmãs siamesas, que nasceram ligadas pela cabeça, se recuperam após cirurgia

O Estado de S. Paulo – Gêmeas siamesas unidas pelo crânio são separadas em cirurgia de 20 horas em Brasília

Correio Braziliense – Confira o passo a passo da cirurgia de separação de gêmeas siamesas no DF

Correio Braziliense – No dia em que completam 11 meses, gêmeas siamesas mostram ótima recuperação

Metrópoles – Mel e Lis: 11 meses comemorados com festa entre familiares

TV Globo – Irmãs siamesas se recuperam e devem deixar UTI em duas semanas

Correio Braziliense – ‘Cirurgia deixou legado no hospital’, diz médico sobre caso de siamesas

Correio Braziliense – “Quero vê-las separadas, mas juntas de novo”, afirma mãe de siamesas

Metrópoles – Nove dias após cirurgia, gêmeas siamesas apresentam boa recuperação

 


Os comentários estão fechados.