CEJAM é parceiro do Projeto Infarto, iniciativa que visa melhorar o atendimento e tratamento de doenças cardíacas

Qualificar a assistência para prevenir e reduzir o número de infartos é o principal objetivo do Projeto Infarto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, que conta com a parceria do CEJAM. A iniciativa busca garantir que casos de suspeita de infarto tenham um diagnóstico preciso.

A operacionalização ocorre por meio de um aplicativo de comunicação chamado “Join”, que define o próximo passo no cuidado de um paciente com dor torácica. “A aplicação desta tecnologia possibilita agilizar diagnósticos e encurtar o tempo de resposta de prestadores secundário e terciários nas situações de urgência e emergência cardiológicas em todo o município, promovendo, assim, o diagnóstico rápido e a escolha adequada da estratégia terapêutica, minimizando os atrasos no tratamento e reduzindo a mortalidade pela doença”, ressalta Patrícia Gaia, gerente do Hospital Dia M’Boi Mirim II e da UPA Vera Cruz.

Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 300 mil indivíduos sofrem Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) por ano, ocorrendo óbito em 30% dos casos. O IAM é uma condição que acontece quando o fluxo sanguíneo para o coração é bloqueado, normalmente, por um coágulo, podendo levar à morte.

O diagnóstico de infarto adequado inicia a partir da suspeita clínica por meio da percepção e caracterização dos sintomas, como dor torácica. Essa etapa é fundamental para dar início aos procedimentos que podem salvar vidas. Por isso, o Projeto Infarto tem como objetivo capacitar profissionais de saúde para identificar pacientes com suspeita da doença e qualificar as equipes na estratégia fármaco-invasiva assertiva. 


Os comentários estão fechados.