CARTA ABERTA À SOCIEDADE SOBRE O COLAPSO E FALTA DE KITS DE INTUBAÇÃO

O INSTITUTO BRASILEIRO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS DE SAÚDE (IBROSS) é uma associação de âmbito nacional que reúne entidades qualificadas como Organizações Sociais de Saúde (OSS`s). Juntas, essas entidades gerenciam mais de 800 unidades públicas, somando mais de 15 mil leitos em todo o país.

Os associados do IBROSS gerenciam importantes hospitais e unidades do SUS que se tornaram referência para atendimento à pacientes acometidos pela COVID-19. Por meio das parcerias com OSS, quase 7 mil leitos, entre gerais, de observação, estabilização e UTI, foram ativados no Brasil.

No decorrer da pandemia que o mundo atravessa, essas entidades permanecem como parceiras essenciais do poder público estadual e municipal, onde ajustes nos protocolos de atendimento, otimização de recursos, materiais, medicamentos e equipamentos, além da inovação nas formas contratação, feitas por essas entidades evitaram um colapso nas unidades do SUS nos Estados e Municípios onde atuam.

Porém, mesmo adotando protocolos e medicações alternativas para evitar a falta de medicamentos, na data de hoje, 15.04.21 os estoques de “kits intubação” dessas entidades chegaram a um nível extremamente crítico de pré-colapso. Em alguns casos, há unidades com estoques para 24 (vinte e quatro) horas em alguns destes itens.

Recentemente o Ministério da Saúde requisitou todo o estoque de medicamentos (kit intubação) produzidos no país – inclusive das aquisições já solicitadas e compromissadas por essas entidades que se planejaram para evitar o colapso da assistência em suas unidades – e passou a ser o único responsável pela distribuição desses medicamentos.

Nesse sentido, esta requisição federal impediu que as entidades adquirissem essas medicações como sempre fizeram.

A falta desses medicamentos colapsará unidades de saúde em todo o país, podendo causar desassistência a milhares de pacientes.


Os comentários estão fechados.