Alepe homenageia os serviços do HCP Gestão

Organização Social de Saúde vinculada ao Hospital do Câncer, o HCP Gestão é responsável por administrar sete unidades de saúde em todo o estado, e agora conquista o reconhecimento da Assembleia Legislativa de Pernambuco. A instituição receberá um voto de aplausos dos parlamentares.

A solicitação foi feita pelo deputado Tony Gel (MDB), que destacou a importância “dessa destacada Organização, na pessoa do seu Superintendente Geral, Filipe Bitu, pelo importante compromisso firmado com os pernambucanos”. A justificativa apresentada ressalta também a “prestação de serviços com excelentes níveis de segurança, eficiência, eficácia e acesso equitativo que certamente contribuem para o fortalecimento no nosso sistema de saúde”.

Para o superintendente geral do HCP Gestão, Filipe Bitu, esse reconhecimento é muito importante. “Ele nos deixa muito felizes, e seguimos ainda mais fortalecidos no compromisso de levar uma saúde humanizada e de qualidade aos pernambucanos que buscam e necessitam dos nossos serviços”.

O requerimento do voto de aplausos apresentou um breve histórico do HCP Gestão, que atualmente gerencia sete unidades de saúde (UPAE de Arcoverde, UPAE do Arruda, UPAE de Belo Jardim, UPAE de Caruaru, UPAE de Igarassu, Hospital da Mulher do Recife e Hospital São Sebastião).

O texto lembra que a instituição faz parte da Sociedade Pernambucana de Combate ao Câncer, entidade privada beneficente e sem fins lucrativos, com mais de 75 anos de fundação, e idealizadora do Hospital de Câncer de Pernambuco.

“O HCP Gestão vem contribuindo para que os serviços oferecidos nas unidades sob sua administração sejam mais eficientes e efetivos, beneficiando inúmeros pacientes que procuram atendimento especializado, seja por meio de consultas médicas, exames laboratoriais, procedimentos cirúrgicos de baixa e média complexidade, entre outros. Seu modelo de gestão é considerado um dos melhores de Pernambuco, o que contribui com a resolutividade e a integralidade de saúde da população de vários municípios pernambucanos”, diz o requerimento, que foi publicado no Diário Oficial do Estado, no último dia 1º de junho de 2022.


Os comentários estão fechados.