Obras Sociais Irmã Dulce

Instituição filantrópica de fins não econômicos, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) abrigam atualmente um dos maiores complexos de saúde com atendimento 100% gratuito do Brasil, com mais de 3,5 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), entre idosos, pessoas com deficiência e com deformidades craniofaciais, pacientes sociais, crianças e adolescentes em situação de risco social, dependentes de substâncias psicoativas e pessoas em situação de rua. Fundada em 26 de maio de 1959, por Irmã Dulce, a organização conta com um perfil de serviços único no país, distribuídos em 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Ensino Fundamental e na preservação e difusão da memória de sua fundadora.

A OSID é fruto da trajetória de amor e serviço da religiosa baiana, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, que peregrinou durante mais de uma década em busca de um local para abrigar pobres e doentes recolhidos das ruas de Salvador. As raízes da instituição datam de 1949, quando Irmã Dulce, sem ter para onde ir com 70 doentes, pediu autorização a sua superiora para abrigar os enfermos em um galinheiro situado ao lado do Convento Santo Antônio, na capital baiana. O episódio fez surgir a tradição de que o maior hospital da Bahia nasceu a partir de um simples galinheiro.

Instalada em Salvador, no Largo de Roma (Cidade Baixa), está hoje a sede das Obras Sociais Irmã Dulce. O local, também conhecido como Complexo Roma, abriga atualmente, em seus 40 mil metros quadrados de área construída, 20 dos 21 núcleos da entidade, incluindo um total de 954 leitos hospitalares para o atendimento de patologias clínicas e cirúrgicas. Ainda na sede das Obras Sociais, local que atende diariamente cerca de 2 mil pessoas, são realizadas por ano 12 mil cirurgias, além de 17 mil internamentos. Mais de 4 mil profissionais trabalham na organização, sendo mais de 2 mil funcionários somente no complexo da capital baiana.

Também em Salvador, na sede da OSID, está o 20º núcleo da entidade, o Memorial Irmã Dulce (MID), uma exposição permanente sobre a vida e o legado da fundadora da instituição, a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. Com entrada franca, o MID está aberto à visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. A visita ao Memorial se estende ainda ao Santuário de Irmã Dulce, situado também ao lado da sede da OSID e onde está localizado o túmulo do Anjo Bom. Já no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, funciona o 21º núcleo das Obras Sociais, o Centro Educacional Santo Antônio (CESA), unidade que atende, em parceria com as Secretarias de Educação do Estado e do Município de Simões Filho, 750 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. O CESA é uma escola de tempo integral, com um modelo de ensino que engloba o Ensino Fundamental I e II (do primeiro ao nono ano). O centro oferece ainda acesso à arte-educação, inclusão digital, atividades esportivas, assistência odontológica, alimentação, fardamento e material escolar gratuitos.

Além dos 21 núcleos pertencentes à instituição, a OSID atua ainda na gestão de unidades externas de saúde, sendo responsável hoje pela administração de três complexos públicos, todos localizados na Bahia e vinculados ao Governo do Estado: Hospital do Oeste (Barreiras), Hospital Eurides Sant’anna (Santa Rita de Cássia) e Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho (Irecê). A entidade responde também pelo Centro de Convivência Irmã Dulce dos Pobres, localizado no Centro Histórico de Salvador.


IBROSS / Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde

St Smas, S/N, Conj 3 Trecho 3 Bloco B2 Sala 222 – Ed. The Union
Zona Industrial (Guara), Brasília – DF
CEP 71215-300